PROGRAMAS EXPLORATÓRIOS

PAISAGENS DE ÁGUA
acerca das implicações no espaço quotidiano das construções das paisagens de água, a sua obtenção, acumulação, distribuição, racionamento, consumo e reaproveitamento.


Barragem do Pego do Altar, ribeira das Alcáçovas, bacia do rio Sado, Alcácer do Sal . image © 2014 DigitalGlobe © 2013 Google

Por motivos fisiológicos, a água é e irá manter-se como o recurso mais precioso para consumo humano, directamente, mas também na agricultura, pecuária, energia e recreio. A pretexto, o homem tem elaborado algumas obras de arte de grande relevância na transformação do território. A S.E.I.P. investiga as implicações no espaço quotidiano das construções das paisagens de água, a sua acumulação, distribuição, racionamento e aproveitamento.